Área: Ultimas Noticias Home Foto da Notícia:


Foto Média da Notícia:


Legenda da Foto:

Description:

KeyWords:

ID da Notícia: 1553

Modalidade:

Contexto: Home

Evento:

Data: 26/02/2015

Título: Procedimentos de hipnose e acupuntura auxiliam pacientes com medo de Cirurgiões-Dentista

Manchete: Os instrumentos utilizados para o tratamento odontológico como o barulho do motor e as agulhas utilizadas pelo Cirurgiões-Dentista, causam medo à maioria dos pacientes na hora de entrar no consultório


Corpo da notícia

Procedimentos de hipnose e acupuntura auxiliam pacientes com medo de Cirurgiões-Dentistas

 

Os instrumentos utilizados para realizar o tratamento odontológico como o barulho do motor e as agulhas utilizadas pelo Cirurgião-Dentista, causam medo à maioria dos pacientes na hora de entrar no consultório. Segundo dados da Sociedade Americana de Odontologia, o pavor de passar em consulta para verificar a saúde bucal não é só no Brasil e que três a cada dez adultos têm medo de ir ao Cirurgião-Dentista. No entanto, nem todos têm o conhecimento de que existem técnicas alternativas capazes de diminuir a ansiedade e controlar o estresse como, por exemplo, os procedimentos de hipnose e acupuntura que auxiliam no sistema nervoso do paciente, tornando a consulta mais agradável.

 

A pedagoga e professora Gisele Prestes Kaussinis, confessa que tinha medo de ir ao dentista devido ao barulho dos procedimentos realizados no consultório, além de sentir ânsia no momento em que era colocado o algodão e a gase na boca. Porém, há 10 anos ela conta ter superado o trauma graças à técnica milenar de Medicina Tradicional Chinesa - a acupuntura.

 

Gisele conta que as agulhas não causam nenhum tipo de dor ou sequer incômodo durante o procedimento, "vi reportagens sobre o tema e procurei um profissional de confiança. Virei fã de carteirinha, pois além de ajudar a controlar a ansiedade, também traz outros benefícios para o corpo. Tenho síndrome do cólon irritável, então meu dentista faz o tratamento com as agulhas para regular esse problema, eliminar o medo e relaxar".

 

Segundo o Presidente da Câmara Técnica da área de acupuntura do Crosp (Conselho Regional de Odontologia de São Paulo) e secretário do Conselho Científico da APCD, Helio Sampaio Filho, a acupuntura tem o objetivo de manter o equilíbrio geral do organismo do indivíduo. Ele explica como "as agulhas são colocadas em alguns pontos espalhados pelo corpo todo, dentro dos meridianos, que consistem em vias por onde circula a energia. Dentro desses meridianos, existem alguns pontos que quando estimulados por agulhas, são mais apropriados para relaxar, melhorar a questão da ansiedade e do medo também".

 

A técnica pode ser realizada, até mesmo, na cadeira do Cirurgião-Dentista, apesar de alguns destinarem uma sala especialmente para executar a sessão que, tem em média, duração entre 30 e 60 minutos que varia de acordo com o caso de cada paciente. De acordo com Filho, "quando essa questão do medo e ansiedade é muito forte, o paciente pode fazer de três até cinco sessões de acupuntura antes de iniciar o tratamento até que ele se sinta mais tranquilo e confiante", afirma.

 

A acupuntura é indicada para outras finalidades, além do medo de ir ao Cirurgião-Dentista, dentre eles: alergia a anestesia, disfunções temporomandibulares (DTM), bruxismo paralisia facial, aftas, reflexo de regurgitação, náusea, tratamento de pacientes com doenças mentais e nevralgia do trigêmeo - dor aguda causada por uma inflamação no nervo da face.

 

Professora-titular de Odontopediatria e de Acupuntura da Faculdade de Odontologia da USP de Ribeirão Preto, Maria Cristina Borsalto, aponta que "pacientes com paralisia cerebral, por exemplo, têm muitos movimentos involuntários, o que torna o tratamento odontológico mais difícil. Com a acupuntura, eles ficam tão calmos que às vezes não é preciso colocar faixas de contenção durante o tratamento", explica.

 

Hipnose

 

A hipnose também é uma técnica alternativa que pode contribuir para quem tem medo de ir ao dentista. “A técnica mexe com o sensitivo da pessoa e faz com que ela entre em um ‘transe’ que a deixa mais relaxada”, relata o Assessor da ABCD (Associação Brasileira de Cirurgiões Dentistas), Claudio Gargione, também Cirurgião Bucomaxilofacial e Presidente da Câmara Técnica de Hipnose do Crosp.

 

Gargione explica como realiza o procedimento. "Se o paciente tem medo do barulho do motor, pergunto qual ruído que ele gostaria de ouvir no lugar. Dou algumas sugestões, como cascata de água e hipnotizo dando esse comando. Na hora que piso para ativar o motor, a pessoa não escuta o barulho da turbina, mas sim o da água e isso a deixa mais calma e tranquila" conta.

 

O Cirurgião Bucomaxilofacial conta que o mesmo acontece com quem têm medo de agulha. "Com a hipnose é possível apagar a imagem da agulha. Você passa o objeto na frente do nariz do paciente e ele não enxerga nada e não sente a penetração. Para ele, não existe a agulha ali", relata.

 

O medo de injeção e anestesia que a professora de Educação Física, Mônica Bitti, de 35 anos sentia, foi o que a motivou procurar o tratamento odontológico aliado com a hipnose há dois anos. Ela conta que com a hipnose ”você acaba não vendo o procedimento, fica com um pouco de sono, mais relaxada e tranquila. Você escuta os comandos que o dentista dá, mas sempre a voz está meio longe. Além disso, não sinto nenhum tipo de dor durante o tratamento", afirma.

 

Substituir a anestesia tradicional, especialmente para os pacientes com alergia aos anestésicos utilizados nos tratamentos odontológicos, segundo Gargione, é um dos principais pontos positivos da técnica.

 

Presidente da Câmara Técnica de Hipnose do Crosp, Gargione enaltece que o Cirurgião-Dentista vai aplicando a anestesia local sem medicamento e “a gengiva fica esbranquiçada, a circulação de sangue no local, então é possível arrancar um dente sem nenhum sangramento, dar o ponto no local sem se preocupar com a salivação, pois também conseguimos controlar isso com a técnica. É trabalhoso, mas é possível".

 

Laser

 

O avanço da tecnologia promete melhorar a vida de quem teme ir ao Cirurgião-Dentista. O laser é uma delas, que já é utilizado para o procedimento na remoção de cáries. Maria Cristina Borsatto afirma que "atualmente, para remover as cáries é preciso utilizar a alta rotação, que faz muito barulho - um dos fatores que causa medo de ir ao dentista, mas estudos comprovam que o laser tem sido eficaz neste procedimento" ressalta.

 

Borsatto destaca que o benefício principal do tratamento é que o Cirurgião-Dentista não tem necessidade de encostar no dente do paciente e nem, sequer, pressionar o local ou aplicar anestesia, possibilitando que o paciente não sinta dor. "No entanto, os aparelhos que usam essa tecnologia ainda são muito caros, portanto a tendência é que o uso dessa técnica fique mais popular conforme o material ficar mais barato", finaliza.

 

Fonte: UOL

APCD da Saúde
APCD-Saúde
Facebook - APCD da Saúde Twitter - APCD da Saúde Temos WiFi
Central de Atendimento APCD

Central de Atendimento

(11) 5078-7960

Procedimentos de hipnose e acupuntura auxiliam pacientes com medo de Cirurgiões-Dentista

Os instrumentos utilizados para o tratamento odontológico como o barulho do motor e as agulhas utilizadas pelo Cirurgiões-Dentista, causam medo à maioria dos pacientes na hora de entrar no consultório

Data da Notícia | 26/02/2015

Procedimentos de hipnose e acupuntura auxiliam pacientes com medo de Cirurgiões-Dentistas

 

Os instrumentos utilizados para realizar o tratamento odontológico como o barulho do motor e as agulhas utilizadas pelo Cirurgião-Dentista, causam medo à maioria dos pacientes na hora de entrar no consultório. Segundo dados da Sociedade Americana de Odontologia, o pavor de passar em consulta para verificar a saúde bucal não é só no Brasil e que três a cada dez adultos têm medo de ir ao Cirurgião-Dentista. No entanto, nem todos têm o conhecimento de que existem técnicas alternativas capazes de diminuir a ansiedade e controlar o estresse como, por exemplo, os procedimentos de hipnose e acupuntura que auxiliam no sistema nervoso do paciente, tornando a consulta mais agradável.

 

A pedagoga e professora Gisele Prestes Kaussinis, confessa que tinha medo de ir ao dentista devido ao barulho dos procedimentos realizados no consultório, além de sentir ânsia no momento em que era colocado o algodão e a gase na boca. Porém, há 10 anos ela conta ter superado o trauma graças à técnica milenar de Medicina Tradicional Chinesa - a acupuntura.

 

Gisele conta que as agulhas não causam nenhum tipo de dor ou sequer incômodo durante o procedimento, "vi reportagens sobre o tema e procurei um profissional de confiança. Virei fã de carteirinha, pois além de ajudar a controlar a ansiedade, também traz outros benefícios para o corpo. Tenho síndrome do cólon irritável, então meu dentista faz o tratamento com as agulhas para regular esse problema, eliminar o medo e relaxar".

 

Segundo o Presidente da Câmara Técnica da área de acupuntura do Crosp (Conselho Regional de Odontologia de São Paulo) e secretário do Conselho Científico da APCD, Helio Sampaio Filho, a acupuntura tem o objetivo de manter o equilíbrio geral do organismo do indivíduo. Ele explica como "as agulhas são colocadas em alguns pontos espalhados pelo corpo todo, dentro dos meridianos, que consistem em vias por onde circula a energia. Dentro desses meridianos, existem alguns pontos que quando estimulados por agulhas, são mais apropriados para relaxar, melhorar a questão da ansiedade e do medo também".

 

A técnica pode ser realizada, até mesmo, na cadeira do Cirurgião-Dentista, apesar de alguns destinarem uma sala especialmente para executar a sessão que, tem em média, duração entre 30 e 60 minutos que varia de acordo com o caso de cada paciente. De acordo com Filho, "quando essa questão do medo e ansiedade é muito forte, o paciente pode fazer de três até cinco sessões de acupuntura antes de iniciar o tratamento até que ele se sinta mais tranquilo e confiante", afirma.

 

A acupuntura é indicada para outras finalidades, além do medo de ir ao Cirurgião-Dentista, dentre eles: alergia a anestesia, disfunções temporomandibulares (DTM), bruxismo paralisia facial, aftas, reflexo de regurgitação, náusea, tratamento de pacientes com doenças mentais e nevralgia do trigêmeo - dor aguda causada por uma inflamação no nervo da face.

 

Professora-titular de Odontopediatria e de Acupuntura da Faculdade de Odontologia da USP de Ribeirão Preto, Maria Cristina Borsalto, aponta que "pacientes com paralisia cerebral, por exemplo, têm muitos movimentos involuntários, o que torna o tratamento odontológico mais difícil. Com a acupuntura, eles ficam tão calmos que às vezes não é preciso colocar faixas de contenção durante o tratamento", explica.

 

Hipnose

 

A hipnose também é uma técnica alternativa que pode contribuir para quem tem medo de ir ao dentista. “A técnica mexe com o sensitivo da pessoa e faz com que ela entre em um ‘transe’ que a deixa mais relaxada”, relata o Assessor da ABCD (Associação Brasileira de Cirurgiões Dentistas), Claudio Gargione, também Cirurgião Bucomaxilofacial e Presidente da Câmara Técnica de Hipnose do Crosp.

 

Gargione explica como realiza o procedimento. "Se o paciente tem medo do barulho do motor, pergunto qual ruído que ele gostaria de ouvir no lugar. Dou algumas sugestões, como cascata de água e hipnotizo dando esse comando. Na hora que piso para ativar o motor, a pessoa não escuta o barulho da turbina, mas sim o da água e isso a deixa mais calma e tranquila" conta.

 

O Cirurgião Bucomaxilofacial conta que o mesmo acontece com quem têm medo de agulha. "Com a hipnose é possível apagar a imagem da agulha. Você passa o objeto na frente do nariz do paciente e ele não enxerga nada e não sente a penetração. Para ele, não existe a agulha ali", relata.

 

O medo de injeção e anestesia que a professora de Educação Física, Mônica Bitti, de 35 anos sentia, foi o que a motivou procurar o tratamento odontológico aliado com a hipnose há dois anos. Ela conta que com a hipnose ”você acaba não vendo o procedimento, fica com um pouco de sono, mais relaxada e tranquila. Você escuta os comandos que o dentista dá, mas sempre a voz está meio longe. Além disso, não sinto nenhum tipo de dor durante o tratamento", afirma.

 

Substituir a anestesia tradicional, especialmente para os pacientes com alergia aos anestésicos utilizados nos tratamentos odontológicos, segundo Gargione, é um dos principais pontos positivos da técnica.

 

Presidente da Câmara Técnica de Hipnose do Crosp, Gargione enaltece que o Cirurgião-Dentista vai aplicando a anestesia local sem medicamento e “a gengiva fica esbranquiçada, a circulação de sangue no local, então é possível arrancar um dente sem nenhum sangramento, dar o ponto no local sem se preocupar com a salivação, pois também conseguimos controlar isso com a técnica. É trabalhoso, mas é possível".

 

Laser

 

O avanço da tecnologia promete melhorar a vida de quem teme ir ao Cirurgião-Dentista. O laser é uma delas, que já é utilizado para o procedimento na remoção de cáries. Maria Cristina Borsatto afirma que "atualmente, para remover as cáries é preciso utilizar a alta rotação, que faz muito barulho - um dos fatores que causa medo de ir ao dentista, mas estudos comprovam que o laser tem sido eficaz neste procedimento" ressalta.

 

Borsatto destaca que o benefício principal do tratamento é que o Cirurgião-Dentista não tem necessidade de encostar no dente do paciente e nem, sequer, pressionar o local ou aplicar anestesia, possibilitando que o paciente não sinta dor. "No entanto, os aparelhos que usam essa tecnologia ainda são muito caros, portanto a tendência é que o uso dessa técnica fique mais popular conforme o material ficar mais barato", finaliza.

 

Fonte: UOL

© 2011 APCD - Regional Saúde. Todos os direitos reservados. Desenvolvimento: PWI Sistemas