Área: Destaque Home Secundarias Foto da Notícia:


Foto Média da Notícia:


Legenda da Foto:

Description:

KeyWords:

ID da Notícia: 1601

Modalidade:

Contexto: Home

Evento:

Data: 12/04/2016

Título: Novas ações do CROSP para imunização de cirurgiões-dentistas contra a H1N1

Manchete:


Corpo da notícia

Dando continuidade às ações desenvolvidas nas últimas semanas, o Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (CROSP) reiterou mais uma vez a solicitação junto às três esferas de governo que os cirurgiões-dentistas também tenham prioridade durante a vacinação, assim como os profissionais de saúde que atuam em pronto-socorros, UPA e hospitais.

 

Desde o final de março o CROSP tem adotado diversas ações para garantir a imunização dos cirurgiões-dentistas e demais profissionais de saúde bucal.

 

Em 28 de março, o CROSP foi a primeira entidade do setor de saúde no Estado a enviar ofício ao Ministério da Saúde e a Secretaria de Estado da Saúde, no qual solicitava a antecipação da imunização para os cirurgiões-dentistas, que só ocorreria no final de abril, conforme cronograma oficial.

 

A antecipação da imunização foi assegurada pelas duas esferas de governo (federal e estadual).

 

No dia 4 de abril, o CROSP solicitou ao Coordenador do Centro de Controle de Doenças da Secretaria de Estado da Saúde, Prof. Marcos Boulos, e à Coordenadora do Programa Estadual de Imunização, Dra. Helena Sato, a orientação para as vigilâncias dos 645 municípios paulistas autorizarem a imunização para os cirurgiões-dentistas.

 

No dia 8 de abril, o Secretário-Geral do CROSP, Marco Manfredini, entrou em contato com a Secretaria Municipal de Saúde da Capital, informando relatos de cirurgiões-dentistas da rede privada que não teriam conseguido a imunização.

 

De acordo com o imediato retorno prestado a Manfredini pela Secretária-Adjunta Municipal de Saúde, Célia Bortoletto, todos os cirurgiões-dentistas, inclusive os da rede privada, serão vacinados.

 

O que está ocorrendo é que as recomendações técnicas de prioridade estabelecidas pelos órgãos de governo são os serviços de urgência, tendo em vista casos como o do Instituto do Câncer de São Paulo, que teve dezenas de profissionais de saúde contaminados pelo H1N1.

 

O CROSP permanece atuando com prontidão para assegurar mais este direito aos seus inscritos.

 

Fonte: Informativo CROSP
Site: www.crosp.org.br

APCD da Saúde
APCD-Saúde
Facebook - APCD da Saúde Twitter - APCD da Saúde Temos WiFi
Central de Atendimento APCD

Central de Atendimento

(11) 5078-7960

Novas ações do CROSP para imunização de cirurgiões-dentistas contra a H1N1

Data da Notícia | 12/04/2016

Dando continuidade às ações desenvolvidas nas últimas semanas, o Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (CROSP) reiterou mais uma vez a solicitação junto às três esferas de governo que os cirurgiões-dentistas também tenham prioridade durante a vacinação, assim como os profissionais de saúde que atuam em pronto-socorros, UPA e hospitais.

 

Desde o final de março o CROSP tem adotado diversas ações para garantir a imunização dos cirurgiões-dentistas e demais profissionais de saúde bucal.

 

Em 28 de março, o CROSP foi a primeira entidade do setor de saúde no Estado a enviar ofício ao Ministério da Saúde e a Secretaria de Estado da Saúde, no qual solicitava a antecipação da imunização para os cirurgiões-dentistas, que só ocorreria no final de abril, conforme cronograma oficial.

 

A antecipação da imunização foi assegurada pelas duas esferas de governo (federal e estadual).

 

No dia 4 de abril, o CROSP solicitou ao Coordenador do Centro de Controle de Doenças da Secretaria de Estado da Saúde, Prof. Marcos Boulos, e à Coordenadora do Programa Estadual de Imunização, Dra. Helena Sato, a orientação para as vigilâncias dos 645 municípios paulistas autorizarem a imunização para os cirurgiões-dentistas.

 

No dia 8 de abril, o Secretário-Geral do CROSP, Marco Manfredini, entrou em contato com a Secretaria Municipal de Saúde da Capital, informando relatos de cirurgiões-dentistas da rede privada que não teriam conseguido a imunização.

 

De acordo com o imediato retorno prestado a Manfredini pela Secretária-Adjunta Municipal de Saúde, Célia Bortoletto, todos os cirurgiões-dentistas, inclusive os da rede privada, serão vacinados.

 

O que está ocorrendo é que as recomendações técnicas de prioridade estabelecidas pelos órgãos de governo são os serviços de urgência, tendo em vista casos como o do Instituto do Câncer de São Paulo, que teve dezenas de profissionais de saúde contaminados pelo H1N1.

 

O CROSP permanece atuando com prontidão para assegurar mais este direito aos seus inscritos.

 

Fonte: Informativo CROSP
Site: www.crosp.org.br

© 2011 APCD - Regional Saúde. Todos os direitos reservados. Desenvolvimento: PWI Sistemas